Videos de Palhano

Loading...

quarta-feira, 24 de agosto de 2016

PENSAMENTO DO DIA

Não suporto comparações. Me julgue por eu ser quem sou, e não por ser melhor ou pior do que os outros.

Para refletir - Precisamos um do outro

Precisamos um do outro 

Havia uma garotinha que gostava de passear pelos jardins, quando  um dia vê uma borboleta espetada em um espinho. Muito cuidadosamente ela a solta e a borboleta começa a  voar para longe. De repente ela volta e lhe diz:

- Por sua bondade, vou conceder-lhe seu maior desejo.
A garotinha pensou por um momento e replicou:

- Quero ser feliz.

A borboleta inclinou-se até ela e sussurrou algo em seu ouvido e desapareceu subitamente. A garota crescia e ninguém na terra era mais feliz do que ela. Sempre que alguém lhe perguntava sobre o segredo de  sua felicidade, ela somente sorria e respondia:

- Soltei a borboleta e ela me fez ser feliz.

Quando ela ficou bem velha, os vizinhos temeram que o seu segredo fabuloso pudesse morrer com ela.
- Diga-nos, por favor - eles imploravam - diga-nos o que a fada disse.

A agora amável velhinha simplesmente sorriu e disse:

- Ela me disse que todas as pessoas, por mais seguras que pudessem parecer, precisavam de mim! Na verdade... Nós todos precisamos uns dos outros, eu por exemplo preciso de você... do seu carinho e da sua amizade. Não se esqueça:

Amizade é sempre querer a pessoa que ama ao seu lado. Amizade não é ocasional, interessada ou pretensiosa. Amizade é para ser constante e para sempre como o amor de Deus é para nós. Quando você ajuda alguém, por mais pequeno que seja, você está liberando felicidade para sua vida. Felicidade implica em ajudar o próximo, se doar.

Se você ainda só quer receber, a tal felicidade nunca lhe baterá a porta.
       

Bom dia!!

Aniversariantes do dia

Meire Falcao
Luanna Monteiro
Luiza Gomes
Emanuela Santos
Larah Georgia Carlos

Francisco Cleilson Oliveira

Trinta mil brasileiros estão na fila a espera de transplantes


O número de doadores efetivos de órgãos no Brasil subiu de 13,1 por milhão de habitantes para 14 por milhão no segundo trimestre deste ano, segundo a Associação Brasileira de Transplante de Órgãos (ABTO). “Essa taxa de doadores efetivos vinha caindo ao longo de 2015, se estabilizou no primeiro trimestre de 2016 e começou a subir agora, no segundo trimestre deste ano”, explicou o coordenador da Comissão de Remoção de Órgãos da ABTO, José Lima Oliveira Júnior. Hoje existem mais de 30 mil pacientes na fila por transplantes no País.

Apesar do aumento, o número de doadores efetivos ficou abaixo do esperado para o período, de 16 por milhão de habitantes, e longe do considerado ideal. Além disso, os transplantes feitos caíram no segundo trimestre, assim como o total de potenciais doadores, principalmente nos Estados mais populosos do país (São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais).

Mesmo com o aumento de doadores, também houve aumento no número de brasileiros na fila aguardando um órgão. Agora 33.199 aguardam um transplante. Em números absolutos, a maior fila é para receber córneas e rim, seguida de fígado, coração, pulmão, pâncreas e intestino.


Melhoria
Segundo Oliveira Júnior, os cinco anos anteriores a 2015 registraram tendência de melhora nos números de potenciais doadores, de doadores efetivos e de transplantes realizados, com redução da fila de espera. No ano passado, no entanto, a tendência se reverteu, com piora em todos os indicadores do setor.

“Basicamente, [houve] uma desorganização do sistema”, segundo o coordenador, que citou atrasos no pagamento aos hospitais, contratos desfeitos e não renovados e falta de reajuste dos procedimentos como causas da piora dos resultados. As consequências, segundo ele, foram a queda no número de equipes que fazem os procedimentos e a redução da quantidade de transplantes.

Dados
De acordo com os dados da ABTO, Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul têm hoje as melhores taxas de doadores efetivos do país, com de 34,9 por milhão; 26,2 por milhão e 25,2 por milhão, respectivamente.

As taxas mais baixas de doadores efetivos estão no Norte e Nordeste, onde a taxa de recusa da família para doar os órgãos é mais alta. Por isso é necessário desfazer alguns mitos sobre a doação de órgãos que levam as famílias a recusar a possibilidade de transplante diante da morte de um parente. Levando em consideração a característica de solidariedade dos brasileiros, o especialista acredita que a taxa de doadores efetivos pode crescer se houver maior esclarecimento da população.


Da Agência CNM, com informações da Agência Brasil

Redes sociais lideram número de denúncias de propaganda irregular nas eleições


As redes sociais estão sendo o principal alvo de denúncias sobre o uso irregular de propagandas dos candidatos a prefeito e vereador no Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE). Das 161 denúncias já recebidas pelo órgão, 50% diz respeito à propaganda na internet, incluindo as redes sociais.

Nas denúncias, há vários relatos com outros tipos de irregularidades, como uso de paredão de som com distribuição de bebida, supostos candidatos que pagaram refeição em restaurante, distribuição de camisas a time de futebol amador, servidores públicos com camisas padronizadas de candidatos e até propaganda em igreja.

As denúncias estão sendo feitas através de um formulário eletrônico disponibilizado no site do TRE, que permite ao denunciante enviar fotos e direcionar a reclamação diretamente à respectiva zona eleitoral.


Fortaleza é a cidade com o maior número de denúncias, 33 (20%), vindo a seguir Mulungu, com pouco mais de 4% do total. Além da denúncia online, no site do TRE, o cidadão pode fazer a denúncia diretamente no cartório eleitoral de seu município, e, na capital, pelo Disque Eleitor (148)

No Ceará, a cada 20 candidaturas a prefeito, apenas 3 são de mulheres


Para as eleições 2016, foram registradas 506 candidaturas a prefeito no Ceará, segundo o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-CE). Destes, 430 são homens e apenas 76 são mulheres, o que representa 15,02% do total. Em cada 20 candidaturas apenas 3 são compostas por elas. Para as disputas a vice-prefeito, elas são um pouco mais: 397 do sexo masculino e 114 do feminino (22,31%).

Para o cargo de vereador, a proporção dobra. Há 13.574 candidatos às câmaras municipais dos 184 municípios do Estado. Do total, 9.248 são do sexo masculino (68,13%) e 4.326 são mulheres (31,87%). Entretanto, a participação feminina é um pouco maior que o mínimo exigido pela Lei 9.504/97, que determina a partidos e coligações pelo menos 30% de mulheres entre o total de candidatos.

Até esta terça-feira (23), foram incluídos no Sistema de Registro de Candidaturas da Justiça Eleitoral (Cand), somando-se postulantes a prefeito, vice-prefeito e vereador, 14.591 candidatos, sendo 4.516 do sexo feminino (30,95%) e 10.075 do sexo masculino.

Somente em Fortaleza, 1.117 candidatos pediram o registro para os três cardos do pleito deste ano (prefeito, vice-prefeito e vereador). São 779 homens (69,75%) e 338 são mulheres (30,25%). O município cearense com a maior participação feminina é Baixio. São 25 candidatos inscritos no Cand, sendo 12 mulheres (48%) e 13 homens (52%).


Cultura machista

A cientista política e professora universitária Carla Michele Quaresma elenca as razões para a pequena participação feminina. Além de vivermos numa sociedade notadamente machista, o espaço político ainda é muito restrito aos homens, que influem, inclusive, na participação de mulheres. “Quando a mulher entra [na política], muitas vezes é com o homem dando suporte, que pode ser o pai ou marido”, destaca.

A professora ressalta ainda que o aumento do envolvimento feminino em eleições nos últimos anos, ainda que pequeno, reflete uma “falsa candidatura”. Segundo Carla Michele, “essas mulheres, muitas vezes, estão inscritas mas não disputam. Muitas não recebem nenhum voto, nem o delas”. De acordo com a especialista, as candidaturas se prestam apenas a cumprir a cota exigida por lei.

Outro ponto que dificulta o acesso e torna difícil a mudança de cultura, segundo a professora, é quanto se associa um problema de gestão à condição feminina. “Isso não acontece entre os homens”, disse, E emendou: “a mulher não é percebida no espaço público, principalmente na gestão”.

Por fim, Carla Michele Quaresma observa que as próprias mulheres se mostram, em geral, arredias à política pela má imagem que ela traz. “Como crescemos numa sociedade que desqualifica a polícia, seja por corrupção ou mal uso do dinheiro público, por exemplo, a mulher tem esse receio”, concluiu.

Ajustes


Segundo o TRE-CE, os números divulgados não são definitivos, pois alguns partidos e coligações ainda deverão se adequar para cumprir a cota mínima de 30% para o sexo feminino na disputa para vereadores. Substituições de candidatos também podem acontecer e ainda acontecerá o julgamento de dos pedidos de registro de candidaturas. No dia 13 de setembro, O Sistema Cand será fechado para que os candidatos sejam incluídos na urna eletrônica no dia 13 de setembro.

sexta-feira, 19 de agosto de 2016

Pensamento do dia

"Aprecie as pequenas coisas, pois um dia você pode olhar para trás e perceber que elas eram grandes coisas.  (Robert Brault )